Tags

PIERPAOLO PICCIOLI

“Sempre amei o cinema e, durante a minha adolescência, sonhei em me tornar um diretor de cinema. Quando descobri a moda e seu poder narrativo, decidi me tornar um designer. Foi para mim uma evolução natural de um sonho.

Após o ensino médio, Pierpaolo Piccioli inscreve-se no Istituto Europeo di Design, em Roma. Após suas primeiras experiências, em 1990 ele chega à Fendi para trabalhar na linha de acessórios da marca. Neste período, ele se aproxima do coração da profissão: o contato com o alto artesanato italiano e a possibilidade de experimentar uma nova abordagem.

Depois de Fendi, juntamente com Maria Grazia Chiuri, ele chega à Valentino para desenvolver a linha acessória emergente. É o início de um desafio: liderar a grande tradição do Valentino Couture de vestidos para objetos, mantendo intacta a tradição, a cura e a criatividade de seu fundador.  Em 2008, Pierpaolo Piccioli e Maria Grazia Chiuri são nomeados Diretores Criativos de Valentino.

Em 2016, com a saída de Maria Grazia Chiuri, Pierpaolo Piccioli é nomeado único Diretor Criativo da Maison. É o início de uma nova era, uma nova evolução para a marca italiana.

v33

O grande poder narrativo da costura de Valentino começa a partir do ateliê onde o artesanato é o mais alto e o mais puro, onde mãos experientes costuram, bordam e tornam cada peça única. Infundido com glamour, rico em rendas, detalhes embutidos, tafetá, seda flutuante, saltos altos e penas, interpretados através do filtro da modernidade, a coleção torna-se íntima e pessoal. Perfeito em sua beleza surpreendente.

Com glamour,  tudo feito com a mais perfeita beleza.

VALENTINO

Abraços

❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤

 

Anúncios